Queijo Minas

Agora, o queijo produzido em Uberlândia é reconhecido oficialmente como Queijo Minas Artesanal, sendo permitida a sua comercialização. A Prefeitura de Uberlândia, através da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento, conseguiu colocar o município dentro da mais nova região para produção do Queijo Minas Artesanal. Juntamente com Uberlândia, os municípios de Araguari, Cascalho Rico, Estrela do Sul, Indianópolis, Monte Alegre, Monte Carmelo, Nova Ponte, Romaria e Tupaciguara passam a formar a sexta região produtora de Queijo Minas Artesanal do Estado.abeijo A novidade foi anunciada na Femec, quando o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, José Silva, entregou ao vice-prefeito, Paulo Vitiello, o relatório de pesquisa de qualidade do Queijo Minas Artesanal, que descreve as características do queijo do Triângulo Mineiro. As outras cinco regiões reconhecidas que mais produzem o queijo em Minas são: Canastra, Serro, Araxá, Cerrado e Campo das Vertentes. No Triângulo Mineiro existem cerca de 1,3 mil produtores de queijo artesanal, e com a homologação da região produtora de Queijo Minas Artesanal, os produtores serão beneficiados com trabalho e renda.abeijo1 Para a produção desse tipo de queijo, existem algumas características que são levadas em consideração, como o clima, altitude, histórico, entre outros. A certificação cria mais uma alternativa de trabalho para os pequenos produtores de leite da Agricultura Familiar da região de Uberlândia e do Triângulo Mineiro, gerando emprego, melhoria de renda e qualidade de vida.

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.