Uberlândia se prepara para a 7ª Conferência Municipal de Saúde

Uberlândia se prepara para a 7ª Conferência Municipal de Saúde, que vai acontecer dias 13 e 14 de junho e será organizada pela Secretaria de Saúde, por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas e pelo Conselho Municipal de Saúde. Com tema “Saúde Pública para cuidar bem das pessoas” a proposta é avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos três níveis de gestão (Federal, Estadual e Municipal), além de ampliar as discussões junto à população sobre a saúde pública como um todo.auber3

Tudo parece muito teórico, mas na verdade, são dos debates entre a comunidade e gestores que surgem as diretrizes para a construção de novos modelos de atenção à saúde da população. A conferência municipal elege seus delegados que participaram da conferência estadual, que por sua vez indica seus representantes em nível nacional. É a população e os trabalhadores da saúde tendo força e representatividade na construção do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país.
O primeiro encontro da 7ª Conferência foi realizado nesta quinta-feira (29), no auditório Cícero Diniz do Centro Administrativo – ao todo, estão previstos quatro seminários para apresentar e discutir a formatação das pré-conferências. O primeiro encontro reuniu o setor Sul de Uberlândia. Durante o evento, os mais de 260 participantes ouviram e comentaram sobre os temas que serão abordados nos demais encontros que culminarão na conferência. O prefeito em exercício, Paulo Vitiello, que fez a abertura do evento, disse que “é o momento de reafirmarmos o SUS em Uberlândia e para isso a conferência será fundamental”. Para Rogério Zeidan, secretário municipal de Saúde interino, “a população e os trabalhadores de Uberlândia têm a oportunidade de debater e construir os caminhos que a gestão deve seguir, para garantir o atendimento pelo SUS cada vez mais resolutivo e humanizado”.
O SUS é único sistema de saúde público do mundo a ser ofertado de maneira integral e universal em um país com mais de 100 milhões de habitantes. Esse dado não ressalta apenas a complexidade do sistema, como também a necessidade de se discutir os próximos passos a rumo à sua evolução. “Precisamos da participação da população em todos os momentos dessa discussão. A saúde tem muito a melhorar e é preciso que o usuário do SUS seja ouvido. Ele é o mais importante em todo esse trabalho”, disse o presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Veridiano de Oliveira.
Para o diretor de Gestão de Pessoas, Wellington Muniz, a participação popular é um elemento fundamental no processo de construção dos serviços de saúde. “Para assegurar a presença da população nas discussões, existem mecanismos institucionais, como os conselhos e conferências de saúde, que ajudam na formulação das ações relacionadas ao setor”.auber2

Conferências

As conferências de saúde são instâncias colegiadas de representantes dos vários segmentos sociais, com a missão de avaliar e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis municipais, estaduais e nacional e que se reúnem de 4 em 4 anos tendo como finalidades institucionais “avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde” (Lei n. 8.142/1990, art. 1.º).
Foram planejados quatro seminários preparatórios destinados aos servidores do SUS em Uberlândia e que contam com a participação do Conselho Municipal de Saúde, sendo um seminário para cada setor de cidade. Os profissionais da rede municipal de saúde serão os principais responsáveis para trazer a população para a discussão nas pré-conferências e na 7ª Conferência.
As pré-conferências têm como objetivo discutir em cada setor da cidade as propostas a serem apresentadas na 7ª Conferência. Ao todo, serão realizadas 18 pré-conferências, sendo 12 na zona urbana (três em cada setor: norte, sul, leste e oeste) e seis na zona rural. Nessas reuniões serão definidos 36 delegados de cada setor, como representantes na Conferência Municipal. Os delegados das pré-conferências serão eleitos por segmentos, respeitando a paridade estabelecida em lei.

– Segmento Governo e Prestadores de Serviços – 03 delegados; – Trabalhadores da Saúde – 03 delegados; – Usuários do SUS – 06 delegados.auber3

Próximos Seminários Preparatórios:

05/02/2015 – Setor Leste e Zona Rural
Local: Anfiteatro do Bloco 8C – Campus Umuarama
Horário: 14h30

12/02/2015 – Setor Oeste
Local: Anfiteatro Cícero Diniz – Prefeitura
Horário: 14h30

19/02/2015 – Setor Central/Norte
Local: Anfiteatro do Bloco 3Q – Campus Santa Mônica
Horário: 14h30

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.