Arthur Xará grava seu primeiro DVD no próximo dia 2

Beneficiado por Lei de Incentivo à Cultura, artista levará ‘Reggae Espetáculo’ ao Teatro Municipal Harmonia. Essa é a palavra que Arthur Xará usa para definir o reggae. Além de ter uma das mais importantes funções no processo de composição musical, também é o conceito e a energia que levou esse artista mineiro a se interessar pelo gênero que teve origem na Jamaica dos anos 70. Nos palcos desde 2003, Xará decidiu gravar seu primeiro material solo no Teatro Municipal de Uberlândia, às 19h30 do dia 2 do próximo mês. O projeto é fruto da Lei de Incentivo à Cultura e conta com a parceria da Brasmix Engenharia. A captação das imagens desse ‘Reggae Espetáculo’ ficará por conta do diretor Bruno Maffei e da equipe da QFilmes. Só que outros profissionais estão envolvidos no processo de concepção e criação do show há pouco mais de quatro meses. “Não estamos falando apenas de música. Incluímos tudo o que é astral e pra cima, como intervenções teatrais, de dança e circenses. Foi com diversidade que imaginei esse material e é assim que o pessoal vai ver”, explica Arthur. abandaQuem quiser conferir a gravação do DVD deve levar um litro de leite longa vida ao Teatro no dia do evento. O arrecadado será distribuído a entidades da cidade e região. De acordo com o produtor executivo do ‘Reggae Espetáculo’, Djalma Filho, a entrada do público estará sujeita à lotação da casa. “Vale chegar mais cedo para não perder o show e garantir um lugar legal”, diz. Participações especiais No repertório, 12 faixas, sendo 11 inéditas. Arthur Xará foi o autor de quatro músicas e contou com a parceria de outros compositores para eleger a lista de canções que entrariam no DVD. Ele conta que privilegiou a variedade de elementos ligados aos estilos, letras e batidas. “Desde que soube que havia sido beneficiado pela Lei de Incentivo, quis incluir meus amigos. Eles também sonharam esse momento e o material só poderia ficar perfeito se tivesse a participação de todo mundo. Vejo esse DVD como algo inclusivo e que dá notoriedade a músicos daqui, que abre espaço para outros profissionais tão relevantes que temos na região”, aponta. anovo57Só que o trabalho conjunto não se limitará apenas à composição e seleção das músicas. Gente bacana desembarca em Uberlândia no dia 2 de abril para cantar com Arthur: Dudu Tarcísio (um dos vocalistas da banda Dias de Truta) e Xande Maia (vocalista da Manitu). “Tenho o prazer de estar ao lado deles em um dos momentos mais importantes da minha carreira. São artistas sem igual. Vamos fazer um som bem alto astral”, diz o cantor. Arthur Xará Com 25 anos, Arthur Francisco Torres Costa já tem bagagem quando o assunto é música. Ainda criança, colecionava guitarras e microfones de brinquedo, sempre incentivado pelo pai. Em 2003 conheceu o reggae de Armandinho ao ouvir o CD ‘Casinha’ e passou a se interessar ainda mais pelo ritmo, época que começou a tocar em barzinhos. “Parecia que aquilo fazia parte de mim há tempos e só ficou mais aparente quando tive acesso àquelas canções”, explica Xará. Também vocalista da banda Lokahi, Arthur diz ser influenciado por Bob Marley, Cazuza, Raul Seixas, Legião Urbana e Tim Maia.anovo55

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.