Uberlândia é destaque no 7º Fórum Mundial da Água

O prefeito Gilmar Machado apresentou as experiências bem-sucedidas de Uberlândia durante o evento, na cidade de Gyeongju, na Coreia do Sul; Uberlândia é o único município brasileiro convidado a exporagilmar1

Nesta segunda-feira (13) o prefeito Gilmar Machado participou da abertura do fórum de autoridades locais e regionais do 7º Fórum Mundial da Água, que está sendo realizado nas cidades de Daegu e Gyeongju, na Coreia do Sul. O evento, organizado pelo Conselho Mundial da Água, reúne políticos, autoridades e especialistas do mundo inteiro para trocar experiências e discutir soluções para o abastecimento de água e saneamento básico no planeta.

A experiência de Uberlândia, uma das cidades com o melhor saneamento básico do Brasil, foi escolhida para representar o país no evento. Uberlândia foi a única cidade brasileira a participar da exposição. Um dos fatores que reforçam a escolha de Uberlândia é a preocupação com o futuro. O município está investindo R$ 360 milhões na construção da primeira etapa do novo sistema de produção de água potável, o sistema Capim Branco, que elevará em mais 2 mil litros por segundo a capacidade de captação e tratamento de água, o que representa um aumento de 50% da capacidade atual.auberland

Considerando os atuais índices de crescimento de Uberlândia, a expectativa é que a primeira etapa consiga abastecer a cidade até 2035, ano em que é estimada uma população de 1,5 milhão de habitantes.

Gilmar apresentou inovações bem sucedidas como os projetos Buritis, de Proteção e Recuperação de Nascentes; construção de fossas sépticas na área rural; Água Legal e Escola Água Cidadã, para educação para o uso consciente da água com crianças e jovens. Também participaram do painel representantes de cidades da Coreia do Sul, Níger, Turquia, Cabo Verde, Líbano, México e França, entre outros. Gilmar, que desde o ano passado é vice-presidente para Assuntos de Águas da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), destacou a importância que Uberlândia alcança na área. “Aqui [no Fórum] nós encontramos todo tipo de situação, mas também encontramos soluções que podem ser aplicadas e aprimoradas. Nosso projeto, que constrói fossas nas áreas rurais com material reciclado, de baixo custo, é perfeito para comunidades na África, que possuem extrema dificuldade de implementar soluções viáveis para o saneamento”, disse o prefeito.

“Por outro lado, podemos conhecer melhor experiências como a de Istambul [Turquia], que é uma cidade com milhares de anos de história e que está, dia-a-dia, buscando maneiras de garantir água limpa para pessoas, agricultura e indústria, sempre tendo que inovar e pesquisar mais. Água é um grande desafio e só vamos superar juntos”, afirmou Gilmar.anovo55

O evento vai até o dia 17 e reúne delegações de mais de 90 países. O próximo será realizado em 2018, em Brasília.

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.