Livro resgata a história da aviação em Uberlândia

‘Asas, Risos e Lágrimas’ será lançado neste sábado, em comemoração ao Dia do Aviador

Para celebrar o Dia do Aviador, comemorado em 23 de outubro, o piloto Durval Teixeira lança o livro ‘Asas, Risos e Lágrimas’. O evento acontecerá neste sábado, 24, a partir das 11h, no Aeroclube de Uberlândia. A obra contempla a história da criação do Aeroclube da cidade e o desenvolvimento da aviação civil nas regiões do Triângulo Mineiro, Sudoeste Goiano e Mato Grosso.

O livro narra o início da aviação em Uberlândia, com a chegada do piloto Antônio Marincek à cidade, em 1937. A Escola de Aviação Marincek, fundada no mesmo ano, funcionava em um campo de pouso, já construído por uma iniciativa particular. Um dos primeiros a se inscrever foi Tito Teixeira, então com 53 anos.

A escola formou apenas uma turma e não teve continuidade devido a defeitos em seu único avião. Um ano depois, em 1938, surgiu o Aeroclube de Uberlândia, fundado por iniciativa de Tito Teixeira e Levindo da Costa Pereira. Foi o primeiro Aeroclube do interior do Brasil. Durval Teixeira resgata no livro essa e muitas outras histórias, como os relatos sobre o primeiro avião, os desafios e o desenvolvimento ao longo dos anos.

Piloto durante 52 anos, Durval Teixeira se apaixonou pelo mundo da aviação e da literatura por inspiração de seu pai, Tito Teixeira. O lançamento de ‘Asas, Risos e Lágrimas’, será um evento para convidados e contará com a presença de um dos fundadores da escola de aviação e instrutor de voo, Antônio Martins da Costa. Antônio formou-se no Aeroclube do Brasil como instrutor de vôo em uma de suas primeiras turmas. Atualmente, está com 98 anos.

 Algumas curiosidades:

  • O primeiro avião do Aeroclube de Uberlândia foi um Bucker Jungmann, doado em 1939 pelo governo de Getúlio Vargas, por meio do Aeroclube do Brasil. O modelo desse avião, de fabricação alemã, era destinado ao treinamento tático e de acrobacias dos pilotos da força aérea alemã Luftwaffe.
  • A primeira turma de pilotos do Aeroclube de Uberlândia formou duas mulheres: Damartina de Freitas e Divina de Ávila. Outras duas mulheres se formaram posteriormente e entraram para a história da aviação local: Conceição Carneiro (1943) e Lydia Scheucher (1947).

O que: Lançamento do livro ‘Asas, Risos e Lágrimas’. / Onde: Rua Salgado Filho, n° 20 – Bairro Aeroporto – Uberlândia, MG./ Quando: 24 de outubro, às 11h.abiao

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.