BALANÇO MINAS TREND PREVIEW – por HB

EXPOSITORES DO MINAS TREND DESTACAM COMPRADOR “MAIS CONSCIENTE” E OPÇÃO POR PRODUTOS DIFERENCIADOS QUE POSSAM CONQUISTAR O CONSUMDOR FINAL
A 18ª edição do Minas Trend, que promoveu os lançamentos em vestuário, bolsas, calçados, joias, bijuterias e acessórios de 220 fabricantes para a temporada Verão/2017, terminou nesta 5ª feira (07/04), com expositores comemorando resultados bastante significativos mediante o atual cenário econômico brasileiro.
Jaques Costa, da marca de sapatos Guilhermina, destacou a presença de um comprador que faz “escolhas mais pensadas, que analisa bem para fazer apostas certas para obter resultados positivos”. Segundo o fabricante, em relação às vendas, esta edição apresentou uma diminuição no volume de pares, mas proporcionou um faturamento equivalente à edição anterior. Para Jaques, “será um ano difícil, onde não prevemos crescimento, mas sim a manutenção dos resultados”, completando que sua participação originou a abertura de novos clientes nas regiões Nordeste e Sul do país.
Sócia da grife de bolsas Confraria, que nesta edição estreou na passarela do evento, Daniela Lira considerou que a participação correu “dentro das expectativas, com a abertura de novos clientes que já acompanhavam a marca”. A fabricante se diz muito feliz com esta edição e que o “investimento no estande, na inovação e na busca de caminhos diferentes, além de acreditar na essência e valor que queremos passar” foram os principais responsáveis pelo sucesso junto aos clientes.amina6 A grife de acessórios Morena Canela, em sua primeira participação na semana de moda mineira, conquistou 21 novos clientes, com possibilidade de ampliar esse número devido às prospecções realizadas. Confirmando o retorno da marca na próxima edição, o proprietário Felipe Pinheiro também comemora vendas realizadas para lojistas do Canadá e Portugal e a boa receptividade obtida por seus produtos inspirados em ícones nordestinos como a flor de mandacaru e o fuxico, por exemplo.
Endy Mesquita, da grife de acessórios homônima, se diz surpresa com esta segunda participação, destacando que todos os clientes conquistados na edição anterior voltaram para novas aquisições. “No segundo dia, já havíamos superado as vendas realizadas em outubro”, afirma a designer.
Nathalia Tolentino, da grife de bolsas que leva seu nome, participou pela segunda vez do Minas  Trend e considera que “o comprador que comparece ao evento tem o perfil ideal de loja aonde queremos entrar, ele vem em busca de exclusividade”. A empresária, que conquistou novos clientes no Nordeste e nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso, ressalta que os lojistas tendem a realizar pedidos iniciais menores, porém, com reposição de estoques mais frequente.amina7
Fátima Scofield, sócia da marca de vestuário Fátima Scofield, avalia como especial esta participação em virtude do lançamento da segunda grife da empresa, a Fedra, especializada no segmento “casual chic”. Para a empresária, que considera o Minas Trend um evento essencialmente focado em negócios, hoje o lojista “está mais pé no chão, fazendo uma compra consciente”.
Outro estreante do evento, André Queiroz da grife recifense Refazenda, aprovou esta edição destacando a exposição positiva da marca e a conquista de novos compradores do Estado de São Paulo. Na percepção do empresário, o fluxo e diversidade dos compradores presentes, aliados à excelente infraestrutura oferecida, são fatores determinantes para seu retorno na próxima edição.  Segundo Queiroz, o perfil do comprador também vem mudando bastante e a confecção tem realizado ajustes para se adequar a este novo momento. “A regra do pedido mínimo deixou de existir, sendo substituída por negociações mais maleáveis”, completa.amina14
Amanda Miranda escolheu o Minas Trend para lançar oficialmente sua grife mineira de resortwear – a Nommos – considerando que as expectativas de negócios iniciais foram superadas ao conquistar 40 clientes no período de participação. “O evento atende ao perfil que buscamos atingir, que são as melhores multimarcas do Brasil”. Em relação ao comprador, Amanda avalia que ele está “mais sensato, o que nos levou a repensar a ideia inicial de não trabalhar com reposições”.
Participando a cinco anos do evento, Lucas Bastos da grife mineira Frutacor, diz ter ficado surpreso com a edição Primavera – Verão 2017. “Foi muito bom, igualamos, ou mesmo superamos a última edição”. Para ele, o Minas Trend “é o melhor evento de negócios do Brasil, respondendo por 90% dos meus pedidos”, completa.amina20
Minas Trend em números (18ª edição) 
Área total: 25.278 m²
Número de estandes: 260
Número de expositores: 220 (Vestuário: 106 / Calçados e Bolsas: 45 / Joias e bijuterias: 69)
Número de Sindicatos participantes: 17
Número de compradores convidados: 500
Número de jornalistas nacionais convidados: 75
Número de jornalistas internacionais convidados: 06aminao7
Público previsto: 15.000 pessoas
Número de compradores espontâneos: 5.000
Compradores nacionais convidados: 500
Compradores internacionais convidados: 16
Realização: FIEMG – Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais
Patrocínio: SENAI/DN – CNI – SESI DRMG – SENAI DRMG
Fomento: CODEMIG / GOVERNO DE MINAS GERAIS
Apoio: SEBRAE MG – ABIT / APEX / TEXBRASILaminao13 aminas

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.