Cristiane Porto – Copacabana Palace – HBLOG

Antes de mais nada – muito obrigado pelo convite cara Cristiane – e Silvia Vilela e seu filho Fabinho estão indo me representar……
Cristiane Porto é uma workaholic. Seu sobrenome é trabalho. A designer de joias uberlandense, radicada em São Paulo há 14 anos, vem à cidade “menos do que gostaria”, graças à inspiração que não tem hora para vir. “Às vezes, viro a noite trabalhando, chego a ficar esgotada, quase não consigo levantar da cadeira. Gosto de deixar claro que meu trabalho é 1% inspiração e 99% suor”, afirma a artista, em entrevista por telefone em pleno feriado de Tiradentes. (Fonte Correio)
Nesta quinta-feira (28), Cris Porto lança uma nova coleção no tradicional e luxuoso Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, mais uma bela vitrine para seu trabalho na Cidade Maravilhosa e, claro, para o mundo. O interesse em ter suas peças no local veio do próprio hotel. acris

Designer de joas Cris Porto é movida pela paixão pelo trabalho, arte e viagens (Foto: Divulgação)

“Se fosse definir o meu trabalho em uma palavra seria movimento”, afirma a designer que, recentemente, imergiu em uma pesquisa sobre a origem do ouro e do diamante. “Queria saber mais sobre o fascínio que envolve tanto o ouro quanto o diamante e descobri coisas incríveis. Quando carregamos uma joia feita de qualquer um desses materiais, carregamos conosco um pouco do DNA do espaço, do planeta. O diamante é o objeto mais antigo que se pode tocar. Você carrega mais do que status, riqueza, nobreza, carrega o inconsciente coletivo do que essas peças representam”, afirma Cris Porto.
A designer de joias, que frequentemente trabalha com peças sob encomenda, afirma que seu processo de criação é sempre instigado por seus clientes e cada peça sai no seu tempo. “Quando espalho as peças com que vou trabalhar na mesa até mesmo o barulho que fazem me inspira, é como se ouvisse Antônio Meneses (violoncelista brasileiro radicado na Suíça) tocando Bach”, afirma. E há vezes em que o desenho que começou de um jeito termina de outro, virado de ponta cabeça.acris

 

Sagrado Coração de Maria, Béjart e Nut (Foto: Divulgação)

Reconhecimento
Em seus 31 anos de carreira, a uberlandense Cris Porto tem orgulho de sua cidade natal. “Sempre que falo que sou daí, o pessoal comenta que já conhece e elogia, fico muito orgulhosa”, afirma a designer de joias. Para ela, nada mais recompensador do que o deslumbramento do cliente diante de uma peça entregue. Muitos deles viram amigos. “Não vendo commoditie, cada peça que crio é única, tem sua própria história. Na minha trajetória, conheci tanta gente inspiradora, tantas mulheres guerreiras que venceram obstáculos e que me inspiram com suas bases sólidas”, afirma.
Entre os prêmios já conquistados por essa workaholic estão o International Pearl Design Contest, considerado o Oscar da Joalheria no Japão, Design Forum do conglomerado De Beers, que também a colocou no ranking das 100 melhores designers de joias das Américas. Entre os admiradores de seu trabalho está o chinês Wallace Chan, um dos maiores mestres da joalheria mundial.
Trabalho até em momentos de lazer
Além de ser apaixonada pelo seu trabalho, Cris Porto ama viajar, assistir a peças de teatro e balé. Nessas horas, sem querer, se vê trabalhando. Hoje, com representantes em três cidades de Minas Gerais, Distrito Federal, São Paulo e Rio de Janeiro e com celebridades entre os clientes, ela não se acomoda.
“Se um dia eu achar que alcancei algo, o que algumas pessoas chama de sucesso, eu me aposento. Sempre há algo mais a alcançar. A arte me inspira diariamente”, afirma Cris Porto que tem peças batizadas com nomes de coreógrafos como o francês Maurice Béjart (1927-2007). De fato, o anel Béjart parece uma coreografia, uma peça que do arco vira uma flor.
Outra peça teve uma origem curiosa. Certa vez em visita a Tate Modern em Londres, ela quase caiu em cima de uma escultura, uma noz de alumínio. Ficou tão encantada pela peça que criou um lindo anel, o Nut com cristais de rocha e casca de diamante.
Cris Porto trabalha com diamantes certificados. “É muita responsabilidade fazer uma peça que vem de algo com o DNA do planeta, que as pessoas vão usar com prazer e por isso é imprescindível que sua extração tenha sido feita de forma justa”, afirmou a designer de joias.zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz34

Publicidade

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Políticas de Privacidade e Termos e condições, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.